Em 12 de maio se comemora o Dia Internacional da Enfermagem, uma homenagem a Florence Nightingale (1820-1910), enfermeira criadora da primeira Escola de Enfermagem da Inglaterra. Por sua devoção e pioneirismo no trato aos pacientes, tornou-se a primeira mulher a receber a Ordem do Mérito, em 1901. Chamada “A Dama da Lâmpada”, percorria as enfermarias repletas de feridos de guerra com uma lanterna na mão, “É à noite que as pessoas sentem mais medo”.
O que poucos sabem é que a história de Nightingale e seu exemplo de dedicação inspirou o nome filóo. Nightingale, em inglês, significa Rouxinol. Rouxinol, do grego Philomêla. Filomela, filóo. Um lindo caminho de ressignificações, que inicia no ato do cuidar e se transforma no pilar norteador da empresa. Mais que um nome, o sentimento de bem-estar gerado ao cuidar do outro é sua essência e razão de ser.

“A Florence representa muito a expressão do cuidado, da atenção, da coragem, da disponibilidade e da humanização. É muito do que a filóo quer fazer: como uma lamparina, literalmente, levar luz onde há escuridão para o cuidado desses pacientes”, explica João Paulo Ribeiro, médico e sócio-fundador da filóo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam a relevância colossal destes profissionais: dos 3,5 milhões de trabalhadores na área de saúde, quase 50% atuam na enfermagem. “O papel da enfermeira é muito importante. O médico faz intervenções e orienta as principais condutas, mas quem passa a maior parte do tempo do lado do paciente é a enfermeira. É dela também o papel de ser um elo de comunicação entre as especialidades, entre a equipe do cuidado, é ela que fala com o médico, com o fisioterapeuta, com o nutricionista e com a família”, ressalta João Paulo Ribeiro.

Um estudo do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com 1,6 milhão de profissionais de enfermagem mostrou que 59,3% deles encontram-se empregados no setor público; 31,8% no privado; 14,6% no filantrópico e 8,2% nas atividades de ensino, sendo 84,6% do sexo feminino e 15% do masculino. A pesquisa inédita, realizada em 2015, abrangeu 50% dos municípios brasileiros dos 27 estados da Federação.

Segundo João Paulo Ribeiro, a filóo se expressa muito pela enfermagem, pela questão de um cuidado amplo, focado no paciente e de uma forma humanizada. Hoje as lamparinas viraram mobiles e é através da luz de suas telas que as consultoras filós dão suporte ao longo de todo o ciclo do cuidado, iniciando antes mesmo da primeira consulta e indo além, com muita troca de informações, facilitando o acesso a serviços e preços justos, com a missão máxima de ajudar a população a se manter saudável. Cuidar faz bem.

Siga-nos ou curta este Post
error0

Não somos um seguro ou plano de saúde

https://www.linkedin.com/company/filoo/Não somos um seguro ou plano de saúde

Termos de uso

Política de privacidade

Termos de uso

Política de privacidade
Política de privacidade

Warning: Use of undefined constant blog - assumed 'blog' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /var/www/html/wp-content/themes/filoo/single.php on line 174

Filóo - Todos os direitos reservados