Você tem um prato em forma de coração? Providencie. Um bem lindo, para enfeitar a sua mesa e lembrar a você que tudo o que coloca ali interfere na sua saúde. Neste Dia dos Namorados, selecionamos sete recomendações para o seu coração continuar a bater firme e forte por quem você ama.

1. INVISTA EM ALIMENTOS AMIGOS DO CORAÇÃO, ricos em antioxidantes, fibras e gorduras monoinsaturadas ou poli-insaturadas. Incentivamos o amor livre por: peixes (atum, sardinha, salmão), azeite de oliva, alho, aveia, linhaça, soja (feijão de soja, tofu, leite de soja, etc), tomate, frutas vermelhas, abacate, suco de uva. Sim, pode brindar com uma taça de vinho que faz bem.

2. FUJA DOS INIMIGOS, eles não te amam: sal (atenção aos alimentos industrializados com excesso de sódio como sopas e massas instantâneas, temperos prontos, salgadinhos, enlatados, conservas), açúcares (refrigerantes, pães, chocolates, guloseimas), gorduras saturadas e colesterol (gordura animal, dendê, banha, frutos do mar, leite e laticínios integrais, queijos amarelos, frios e embutidos), gorduras trans (biscoitos recheados, sorvetes, molhos prontos).

3. DIETA MEDITERRÂNEA, se puder, case com ela: um estudo publicado no British Jornal of Nutrition, feito por especialistas do Instituto Neurológico Mediterrâneo Neuromed, em Pozzilli, na Itália, concluiu que há uma queda de 25% da mortalidade, de todas as causas (sobretudo as cardiovasculares e cerebrovasculares), para quem adota a dieta mediterrânea (rica em frutas, legumes, peixes, azeites e cereais, oleaginosas, pouca carne vermelha e produtos lácteos, e consumo moderado de vinho com as refeições). O nome refere-se aos hábitos alimentares comuns no sul da Itália, Grécia, França e Espanha.

A pesquisa, feita com 12 mil idosos a partir de 65 anos, revelou que quanto mais próxima da dieta mediterrânea era a alimentação diária da pessoa, menores os riscos de mortalidade. E mais: que não importa se a dieta foi seguida a vida toda ou adquirida na velhice, os benefícios são os mesmos. Ou seja: ainda dá tempo de cair de amores. Ame e se ame mais!

4. EXERCITE-SE: Praticar atividades físicas pelo menos três vezes por semana traz benefícios à condição cardiovascular, estimula a circulação sanguínea, reduz a incidência de varizes, o risco de trombose (coágulos de sangue no sistema sanguíneo), as chances de sequelas graves em casos de infarto ou AVC, previne a atrofia muscular, ufa! Parece bom demais pra ser verdade, não? Acredite, só há boas intenções por trás dessa proposta. Aceita?

5. SÓ QUERO QUE VOCÊ ME AQUEÇA NESTE INVERNO: a música é do Roberto Carlos, mas imagine que é seu coração cantando pra você. No inverno, seu coração precisa trabalhar mais para manter o equilibro térmico, sobrecarregando o sistema cardiovascular. Com o frio, os vasos sanguíneos se contraem e aí, já viu, o sangue sofre para circular e a pressão arterial aumenta. Por isso, cuidado redobrado! Leia a próxima dica.

6. CHECK-UP ANUAL: Os exames cardiovasculares dependem da idade e do histórico de saúde do paciente. Mas dentre eles estão: medir pressão arterial, o colesterol e a glicemia. Marque sua consulta anual e tire suas dúvidas com uma das consultoras filóo. Prevenção é amor-próprio.

7. ABANDONE O CIGARRO, a gente sabe, encerrar uma relação é difícil, mas acredite, esta não lhe faz bem. Fumar aumenta em 70% o risco de sofrer um infarto e favorece a formação de coágulos que podem levar a um derrame cerebral (o risco aumenta para quem toma pílula anticoncepcional): 25% dos casos de infarto agudo do miocárdio e quase metade dos derrames são causados por cigarro. Não morra por este amor. Veja AQUI como parar de fumar.

E nunca é tarde lembrar: o maior amor da sua vida é você mesmo. Cuide bem do seu coração. Se cuidar faz bem.

Siga-nos ou curta este Post
error0

Não somos um seguro ou plano de saúde

https://www.linkedin.com/company/filoo/Não somos um seguro ou plano de saúde

Termos de uso

Política de privacidade

Termos de uso

Política de privacidade
Política de privacidade

Warning: Use of undefined constant blog - assumed 'blog' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /var/www/html/wp-content/themes/filoo/single.php on line 174

Filóo - Todos os direitos reservados