Doutor que verifica a pressão sanguínea arterial paciente de homem de meia idade

Há doenças que afetam o organismo sem dar sinais perceptíveis, como por exemplo, a Hipertensão Arterial, que é considerada silenciosa justamente por ser comumente assintomática.

A ausência de sintomas não garante que sua saúde esteja necessariamente preservada? Este é um fato importante, porém muitas vezes ignorado.

Assim, devemos não apenas nos atentar à autoavaliação de bem ou mal-estar, mas também realizar consultas médicas periodicamente para nos mantermos efetivamente saudáveis, tanto no presente quanto no futuro.

 

O que é Hipertensão Arterial ou Pressão Alta?

A Hipertensão Arterial, também conhecida como Pressão Alta, é caracterizada pela presença de níveis de pressão maiores ou iguais a 140 e/ou 90mmHg. Trata-se de uma doença crônica comum que raramente dá indícios da sua presença.

Seus sintomas costumam aparecer apenas quando a pressão está, de fato, muito elevada. Porém, assintomática ou não, ela pode gerar diversas complicações graves ao organismo, como acidente vascular encefálico (também conhecido como AVC ou derrame cerebral) e infarto do miocárdio (também conhecido como ataque cardíaco).

Para entendermos o que acontece com quem é hipertenso, vamos comparar o coração e os vasos sanguíneos com uma mangueira aberta. Se taparmos sua ponta, a água fará com que a pressão interna aumente. O mesmo ocorre quando o coração bombeia o sangue aos vasos estreitados, a pressão sobe.

Porque devemos falar sobre ela:

  • É a doença crônica mais prevalente entre adultos e idosos;
  • Atinge 1 a cada 5 brasileiros, cerca de 36 milhões de pessoas;
  • Mais comum entre as mulheres, pessoas com sobrepeso ou obesidade;
  • Causou 983.256 atendimentos médicos no SUS e 49.640 óbitos apenas em 2016;
  • Apesar de não haver cura, há meios de evitar ou controlar e conviver melhor com ela.

 

Prevenção: Sua melhor aliada

Dentre os “inimigos da saúde”, os maus hábitos ocupam o topo do ranking como sendo uma das principais causas e fator de piora desta e outras doenças.

Apesar de impactantes, eles são modificáveis. Para isso, aplicar mudanças no dia-a-dia é fundamental. Seja você o protagonista da sua saúde:

  • Pratique atividade física regularmente;
  • Evite fumar e ingerir bebidas alcóolicas em excesso;
  • Cuide da sua alimentação, consuma menos gorduras e sal (sódio) nas suas refeições;
  • Minimize o estresse na sua rotina;
  • Realize consultas, check-ups e exames para medir a pressão sanguínea regularmente.

 

Controle e tratamento da hipertensão arterial

Mesmo causando graves consequências, apenas a minoria dos hipertensos controla sua pressão arterial e faz o tratamento adequadamente. Quando este controle é devidamente realizado e bons hábitos são adotados, é possível manter-se realmente bem e evitar suas complicações.

É importante reforçar que o uso de medicações não deve ser iniciado ou interrompido sem orientação médica.

 

Para colaborar com a sua saúde, você sabia que alguns medicamentos para diabetes são fornecidos gratuitamente pelo SUS e farmácia popular? Aqui, você pode conferir essa lista de medicamentos.

Além disso, através do nosso aplicativo, você pode solicitar sua consulta preventiva com valor acessível e realizar, quando necessário, exames periódicos com desconto, como o de aumento de pressão arterial, sem se privar das vantagens, qualidade e conforto do atendimento particular.

As Filóos, suas consultoras de saúde, estão disponíveis para esclarecer suas dúvidas e orientar o melhor caminho para cuidar da sua saúde, respeitando suas possibilidades, disponibilidade e preferências.

 

Referências de Pesquisa e Imagens:
https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/arquivos/publicacoes/ISA_2015_HAS.pdf
http://prevencao.cardiol.br/fatores-de-risco/hipertensao.asp
http://www.sbh.org.br/informacoes.html#o-que-e
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *