jovem atleta praticando exercícios de crossfit em uma academia carrega sobre os ombos uma barra de peso

Uma das modalidades que mais cresce no mundo do esporte, o Crossfit, ajuda pessoas ao redor do mundo a recuperar sua autoestima e melhorar seu desempenho físico.

Em 1974, Greg Glassman, na época atleta da ginástica olímpica, precisava de um treino para aumentar a sua performance, melhorar suas aptidões básicas e preparar o corpo para realização das suas atividades físicas, iniciou um treino baseado no uso equilibrado das energias naturais do corpo.

Baseado em atividades simples como subir escadas, correr e agachar, ele percebeu que o corpo respondia a esses estímulos na melhora do seu desempenho global e que, quanto mais ele aprimorava as habilidades do dia a dia, melhor eram seus resultados.

Pensando num coletivo, onde os praticantes poderiam dividir um espaço funcional de treino, em 1995 Glassman abriu sua primeira academia em Santa Cruz, cidade do estado da Califórnia nos EUA, e em 2000 fundou a marca Crossfit.inc uma das mais conhecidas e formas de treinar do mundo. Segundo o site oficial do Crossfit, há aproximadamente 13.000 academias registradas no programa, e esse número tende a crescer cada vez mais.

 

O Crossfit no Brasil

O Crossfit chegou ao Brasil através treinador Joel Fridman, que trouxe para São Paulo, em 2009 o primeiro Box a oferecer esse tipo de treino, considerado o treino do momento. É cada vez mais fácil encontrar um lugar para treinar, sendo centenas de academias espalhadas pelo Brasil.

Apesar da Crossfit.Inc ser uma marca, os treinos na verdade são variados e não há uma fórmula mágica, o equilíbrio e as capacidades de cada um é que vão definir a melhor forma de treinar.

Não importa se você é sedentário, está acima do peso, tanto iniciantes quanto atletas de alta performance podem tirar proveito do treino.

A maioria dos exercícios são inspirados nas funções do corpo, agachar, levantar, subir escadas, etc. Assim, cada pessoa participa e se desafia a quebrar seus limites.

 

A relação entre o Crossfit x Lesões

Também chamado por alguns de MMT (Modalidades Mistas de Treinamentos), o Crossfit é uma atividade de alto impacto que envolve diversas modalidades esportivas, como ginástica, levantamento de peso e atletismo.

O fato de ser considerada uma modalidade de alto impacto, traz um receio de ser uma atividade em que seja muito fácil se lesionar. Porém, um estudo recente publicado pela National Institute of Health, dos Estados Unidos, analisou a taxa de lesões em 132 pessoas relatando que a cada 1.000 horas de atividade 3.1 dos praticantes apenas foram lesionados. Comparando com outros estudos, por exemplo, o futebol que chega numa média de 7,8 lesões por 1000 horas de atividade.

Mas é necessário realizar o Crossfit sempre com orientação de educador físico ou fisioterapêuta, para minimizar o risco dessas lesões.

 

Como funciona?

O treino é baseado numa junção de movimentos e o objetivo é forçar o corpo. Alguns equipamentos podem ser usados, como pesos, bolas médicas, cordas, para intensificar o treinamento, dependendo das habilidades desafiadas pelos atletas.

Eles são considerados completos com duração de aproximadamente 45 minutos e são oriundos de distintas modalidades. A prática auxilia a quem deseja melhorar habilidades como resistência cardiorrespiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, coordenação, velocidade, equilíbrio, agilidade e precisão.

Os movimentos, na maioria das vezes, são feitos utilizando o peso do próprio corpo e as instruções básicas, como levantar objetos, subir escadas ou correr, sendo que podem ser considerados trabalho comum sem novidades. Porém, quando a intensidade da capacidade é desafiada, esses processos garantem uma melhora significativa no corpo como um todo.

 

Como é realizado?

São algumas etapas para a conclusão do treino. Elas variam um pouco de treinador para treinador, mas no geral são divididas em:

  • Aquecimento: No Crossfit, além do aumento da temperatura e dos batimentos cardíacos, durante o aquecimento também são necessários movimentos que melhoram a flexibilidade e aprimoram o  alongamento antes de iniciar o processo de repetições vigorosa em que os outros estágios da atividade exigem.
  • Trabalho específico: Aqui o praticante vai trabalhar suas habilidades, aprimorar a técnica na execução dos exercícios, além da força relacionada aos movimentos.
  • WOD (Workout of the Day): A abreviação de treino do dia, é o desafio que o treinador irá propor durante aquele dia. Os praticantes terão que fazer os exercícios sempre com alta intensidade.
  • Cool Down: Por fim, relaxamentos e alongamentos fundamentais para o organismo no pós treino.

 

Benefícios do treino de Crossfit

As atividades físicas em geral fazem bem para o corpo e mente. Com o Crossfit não podia ser diferente. Entre os muitos benefícios do treino estão:

  • Emagrece: Para aqueles que desejam entrar em forma, o Crossfit aliado a uma alimentação saudável, é uma atividade que exige esforço e causa um gasto calórico o que é determinante para quem quer emagrecer.
  • Melhora a autoestima: Além de ajudar numa melhora geral da saúde, o Crossfit incentiva seus praticantes a superar seus limites pessoais, atuando na melhora da autoestima.
  • Cada dia uma novidade: Como o objetivo é desafiar e intensificar os movimentos, as aulas quase nunca serão iguais.

 

Como começar?

Se de cara não quer investir em uma academia dá para fazer alguns exercícios baseados nos conceitos do Crossfit na rua ou em casa.

No dia a dia, troque o carro ou o ônibus por uma caminhada. Se hoje leva quarenta minutos para fazer um percurso, aos poucos comece a aumentar o ritmo, em pouco tempo fará o percurso em menos tempo e sem se cansar tanto, o que já é uma enorme conquista. O mesmo vale para outras atividades do dia a dia que são desafiadoras para você. No começo pode parecer difícil, mas com persistência dá para perceber a evolução, justamente o que o Crossfit prega.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *