Câncer de Pele: previna-se!

Câncer de Pele: previna-se!

Primeiro, aparece uma pinta discreta. Você não dá bola, até perceber que, aos poucos, ela vai crescendo. Começa a coçar, às vezes sangra, e está mudando de cor. Hum, suas bordas irregulares não parecem coisa boa. Não perca tempo: voe para o médico, para investigar. Pode não ser nada, mas há grandes chances de ser câncer de pele, o tipo de câncer mais comum no mundo.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), só no Brasil são 176 mil novos casos ao ano, ou seja, 30% de todos os tumores malignos correspondem ao câncer da pele, incidência quatro vezes maior do que o câncer de mama e próstata. A boa notícia é que, com o diagnóstico precoce, as chances de cura são altas: é o câncer com o menor índice de mortalidade.

Os tipos de câncer de pele

Há dois tipos de câncer de pele, o Carcinoma e o Melanoma.

Melanoma

Considerado o tipo menos frequente e também o que tem maior índice de mortalidade. Entretanto, as chances de cura permanecem altas, cerca de 90%, quando detectado precocemente. O Melanoma parece uma pinta ou sinal de pele, com tons acastanhados ou enegrecidos. Tem origem nas células que produzem melanina, o pigmento que dá cor à pele. O que o difere de uma pinta comum é a alteração de cor, formato e/ou, tamanho, além de poder apresentar sangramento.

Carcinoma (tem duas categorias):

Carcinoma Basocelular (CBC): é o tipo mais comum de câncer de pele. É uma lesão com evolução lenta, que se localiza, frequentemente, em áreas do corpo com maior exposição ao sol, como: rosto, orelhas, pescoço, ombros, costas e couro cabeludo. A chance de cura é alta, quando descoberto no início.

Esse tipo de câncer pode aparentar outras doenças de pele, como psoríase ou eczema. Outra forma clínica é a nódulo-ulcerativa, que se apresenta como uma pequena elevação vermelha na pele, com brilho, crosta central e risco de sangramento.

Carcinoma Epidermoide ou Espino-Celular (CEC): é também mais encontrado nas áreas que normalmente ficam mais expostas ao sol como: orelhas, ombros, rosto, pescoço e couro cabeludo, mas podem aparecer em qualquer parte do corpo. É considerado um tipo grave, pois pode evoluir com metástases.

A aparência é semelhante à verruga, com coloração avermelhada, em forma de machucados ou feridas que descamam, não cicatrizam e podem vir a sangrar. Pode surgir em cicatrizes ou feridas, principalmente, gerados por meio de queimadura.

Principais sinais e sintomas

Os sintomas variam de acordo com o estágio e tipo de câncer, sendo os principais:

• Pinta preta ou castanha com alteração de cor e textura, com as bordas irregulares e aumento do tamanho;
• Mancha ou ferida que não cicatriza, em até quatro semanas, com a presença de coceira, crostas ou sangramento;
• Lesão elevada, brilhante, translúcida ou com alteração de cores, como avermelhado, rósea, castanha ou multicolorida, associado com sangramento;
• Nódulos na pele;
• Inchaço nos gânglios (ínguas).

Caso identifique qualquer sintoma citado, marque uma consulta com um dermatologista através do aplicativo da filóo para uma avaliação.

Fatores de risco
Há dois tipos de fatores de risco: relacionado a fatores individuais e ao ambiente.

Relacionado a fatores individuais:
• Histórico familiar, quando há registros da doença em parentes de primeiro grau, o risco da doença eleva;
• Pele clara;
• Olhos claros;
• Cabelos ruivos ou loiros;
• Pessoa albina;
• Portadores de HIV+;
• Pessoas transplantadas;
• Pessoas com idade superior há 40 anos;
• Facilidade para queimadura;
• Dificuldade para bronzeamento;
• Pessoas com sistema imune debilitado.
Relacionado ao ambiente e comportamento:
• Histórico de queimadura solar;
• Exposição de áreas tratadas por radioterapia;
• Exposição à radiação Ultra-Violeta (UV) prolongada e repetitiva, na infância;
• Viver em clima tropical;
• Viver em local com altitudes elevadas;
• Uso de medicamentos imunossupressores (como: azatioprina e ciclosporina);
• Exposição a fuligens e arsênico;
• Exposição a piche, óleos minerais e de xisto;
• Trabalho ao ar livre, como agricultores, pescadores, etc.

Tratamento do Câncer de Pele

Para o Carcinoma há diversas formas de tratamento como cirurgias para a remoção do tumor, cirurgia a laser (técnica não-invasiva), curetagem (raspagem do local), e criocirurgia, com nitrogênio líquido para promover a destruição das células tumorais, técnica não-invasiva, sem cortes ou sangramento, entre outras. Pode haver o uso de medicação via oral, tópicas, além de quimioterapia ou radioterapia, para auxiliar no tratamento.

Para o tipo Melanoma, o tratamento começa com a cirurgia excisional. Se necessário, podem ser realizados quimioterapia, radioterapia e novos tratamentos de imunoterapia baseados nos resultados de exames genéticos que conseguem identificar o tipo de mutação.

Para prevenir o câncer de pele, siga essas dicas:

• Evitar exposição excessiva ao sol, principalmente das 10 às 16h;
• Utilizar protetor solar diariamente, com proteção UVA e UVB, com o FPS (fator de proteção solar) mínimo de 30 (em crianças, o uso é permitido a partir dos seis meses de idade);
• Reaplicar o filtro solar a cada duas horas, mesmo em dias nublados;
• Observar a pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas;
• Uso de camiseta, óculos de sol, chapéu ou boné de aba larga e protetor solar;
• Passar em consulta com dermatologista ao menos uma vez por ano;
• Utilizar protetor labial.

Lembre-se: o câncer de pele só pode ser diagnosticado com a realização do exame clínico realizado por um médico especializado ou por meio de uma biópsia. Previna-se! Visite seu dermatologista regularmente. Em caso de dúvidas, as enfermeiras consultoras da filóo estão prontas a dar orientações e ajudar você a cuidar bem deste que é o maior órgão do corpo humano: a sua pele.

Conheça a filóo. Tenha acesso à consultas e exames que cabem no seu bolso.

Siga-nos ou curta este Post
error0
Diferença entre: Promoção e prevenção de saúde

Diferença entre: Promoção e prevenção de saúde

Você já deve ter ouvido a frase “é melhor prevenir do que remediar”. Ou seja, para evitar que algo ou alguma doença pegue você “desprevenido”, há uma preparação prévia, uma antecipação do problema e, em vez de esperar ele ocorrer, você age minimizando o risco. Isso é prevenção da saúde.

Por exemplo: se a previsão do tempo é que vai esfriar, você leva um casaco para não ficar resfriado. Se há um surto de sarampo, vai até o posto e toma a vacina. E assim por diante: consulta seu médico regularmente, faz check-up anuais, mede a pressão com frequência, entre outros exames de acompanhamento. Você é o protagonista no cuidado com a sua saúde.

Prevenir é:
– Manter o calendário de vacinação em dia
– Optar por uma alimentação saudável
– Não fumar
– Fazer exercícios regularmente
– Praticar sexo seguro, com uso de preservativo
– Seguir as recomendações de saúde e orientações médicas de sua confiança

Promoção de saúde é mais amplo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), refere-se a medidas e cuidados que não têm como foco uma determinada doença ou desordem, é um processo social e político com ações direcionadas a mudanças e melhorias nas condições sociais, ambientais e econômicas para minimizar o impacto na saúde individual e pública. Isto permite aumentar a saúde e o bem-estar geral.

São cinco os campos de ação que a promoção da saúde contempla: implementação de políticas públicas saudáveis, criação de ambientes saudáveis, capacitação da comunidade, desenvolvimento de habilidades individuais e coletivas e reorientação de serviços de saúde.

Promover é:
– Impulsionar, fomentar, gerar
– Estratégia global para alimentação saudável e atividade física
– Programas de controle e tratamento do tabagismo e consumo de álcool
– Promoção da saúde do homem, da mulher e do idoso
– Campanhas de aleitamento materno
– Atenção à saúde mental

A principal diferença entre prevenção e promoção se refere ao conceito de saúde, na prevenção a saúde é vista como ausência de doenças e na promoção, como um modelo participativo multidimensional de saúde.

Através do aplicativo da filóo, você pode agendar a sua consulta preventiva e fazer a sua parte para estar com a saúde sempre em dia. Conheça a filóo. Tenha acesso à consultas e exames que cabem no seu bolso. Confira AQUI

Siga-nos ou curta este Post
error0
Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho

Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho

Acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorrem por motivos vários: uso inadequado de equipamentos de proteção, lesões por esforço repetitivo (LER), exposição a substâncias químicas, biológicas e materiais tóxicos, quedas, jornadas exaustivas sem intervalo de descanso ou mesmo falha humana.

De acordo com a Previdência Social, caracteriza-se acidente de trabalho aquele que acontece quando a pessoa está a serviço de uma empresa, gerando lesão corporal ou perturbação funcional, permanente ou temporária, que causa a morte, a perda ou a redução da capacidade para o trabalho. Infelizmente, as estatísticas são tristes.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a cada ano, dois milhões de pessoas morrem no mundo acidentadas em seus ofícios, outras 270 milhões sofrem acidentes não fatais e 160 milhões padecem de doenças ocupacionais. No Brasil, as perdas decorrentes de acidentes e doenças do trabalho são estimadas em 4% do PIB, ou mais de R$ 200 bilhões anuais. Daí a importância do Dia Nacional de Prevenção ao Acidente de Trabalho, a cada 27 de julho.

Acidentes são imprevisíveis. A boa notícia? Podemos diminuir os riscos, inclusive de doenças e lesões, ao manter a saúde em dia e adotar medidas preventivas.

Adote essas práticas:
– Postura corporal – Evite problemas posturais, oculares, dores na coluna e LER. Sua cadeira de trabalho deve ter altura e encosto ajustados a você, com apoio para a região lombar e dorsal, para os braços e de forma que seus pés fiquem firmes no chão. Aproxime-se de sua mesa de trabalho. Seu monitor deve estar distante 60 cm, um pouco abaixo da linha dos olhos. Ajuste o brilho para não forçar a visão. Mantenha os punhos retos e os cotovelos num ângulo de 90º ao usar o teclado e o mouse.

– Faça pausas regulares – Se possível, a cada 90 minutos, pause dez. Levante-se, alongue-se, se trabalhar na frente do computador, desvie o olhar da tela e dê um descanso para os olhos. Muito tempo sentado? Erga-se por volta de 1 minuto a cada 20 minutos. Se, ao contrário, trabalhar em pé, sente-se e descanse a coluna.

– Exercícios de alongamento – Muito tempo na mesma posição ou fazendo movimentos repetitivos pode gerar dores, inflamações, formigamentos, dormência e cansaço nas mãos, dedos, braços, ombros e pescoço. Dedique alguns minutos para se alongar flexionando as pontas dos dedos, girando os punhos, movimentando os ombros pra cima e pra baixo, pra frente e pra trás (em movimentos rotativos). Solte o pescoço, inclinando a cabeça para ambos os lados, pode ajudar com a mão a manter na posição por alguns segundos. Fique em pé e tente tocar o chão com a ponta dos dedos. Mexa-se.

– Sono – Muitos acidentes são causados por descanso insuficiente. Com sono, nossos reflexos ficam comprometidos, o corpo não responde aos comandos da mente. O sono prejudica a memória, enfraquece a imunidade, altera o metabolismo, interfere na produção de insulina, desregula a pressão arterial, diminui o desempenho físico e a atenção, entre outros. Por isso a importância de dormir bem.

Se sua escala é diurna, procure manter uma rotina regrada com horários para dormir e acordar. Tome sol diariamente, ele sincroniza naturalmente o relógio biológico. Evite: exercícios físicos à noite, e outros estimulantes para o cérebro como cafeína e ficar no celular ou assistindo a TV antes de dormir. Sua mente deve se preparar para descansar, crie um ambiente tranquilo e acolhedor. Faça um relaxamento antes de dormir, medite, escute uma música calma.

Escala noturna: se você trabalha à noite, estabeleça um horário do dia para dormir (e para se alimentar), mesmo se estiver de folga. Escureça o máximo possível o ambiente, que deve ser silencioso e arejado. Evite estimulantes (café, chá preto, refrigerantes, cigarro) perto de encerrar o expediente, próximo ao horário de descanso. Praticar exercícios é fundamental.

Através do aplicativo da filóo você pode agendar consultas preventivas para estar com a saúde sempre em dia. Não conte com a sorte, conte com a filóo.

Siga-nos ou curta este Post
error0
Já pensou em cuidar da sua saúde sem gastar muito?

Já pensou em cuidar da sua saúde sem gastar muito?

Sim, é possível. A filóo tem um novo conceito de saúde, onde cuidar das pessoas com qualidade, acessibilidade e de forma integrada é a nossa principal missão. E agora usufruir dos benefícios filóo está ao seu alcance, venha fazer parte.

Confira os benefícios:
– Médicos particulares de qualidade, com preços acessíveis
– Até 85% de descontos em medicamentos
– Até 20% de descontos em exames e vacinas
– Orientação de saúde 24h (equipe de enfermeiras especializadas prontas para tirar suas dúvidas)
– Tudo por apenas R$7,99 (mensal, por pessoa).

Como funciona?

Através do aplicativo da filóo, você escolhe a especialidade médica que deseja, o período e a localização. Seu pedido será encaminhado a médicos particulares e você será orientado para o atendimento.

Após a consulta, nossas consultoras ajudarão você a relembrar as orientações médicas, esclarecendo dúvidas, e a encontrar descontos em farmácias e laboratórios parceiros. E o melhor: você pode usar o sistema quantas vezes precisar para ter certeza de que sua saúde está em dia.

Como faço para me cadastrar?
1. Para se cadastrar, acesse: https://www.cuidarfazbem.com.vc/
2. Clique no botão “Faça parte”
3. Preencha os dados (importantes para o cadastro de desconto nas farmácias e laboratórios)
4. Você será redirecionado(a) para a página de pagamento de R$7,99 (mensal, por pessoa) e, após preencher as informações pedidas, é só aguardar o e-mail de confirmação e boas-vindas para ter acesso ao aplicativo, aos descontos e todos os benefícios filóo.

A compra pode ser feita para você e sua família. Lembramos que ainda não contemplamos a especialidade Pediatria.

Como faço para ter descontos em medicamentos e exames?

Quando você se torna paciente filóo, você tem acesso imediato à carteirinha digital através do aplicativo. Com ela você pode apresentar na rede de farmácias e laboratórios parceiros para garantir o desconto. Vale lembrar que a porcentagem de desconto é de acordo com o tipo de medicamento e em alguns medicamentos não possui desconto.

“Atendimento de qualidade, uma equipe maravilhosa que acompanha o dia a dia do paciente, médico muito atencioso, sou paciente da filóo e só tenho que agradecer pelo tratamento prestado por todos, superrecomendo!”, elogia Margareth Rolim, cliente filóo.

Acesse https://www.cuidarfazbem.com.vc/ e faça parte hoje mesmo. Filóo, saúde que cabe no bolso.

Siga-nos ou curta este Post
error0
A Filóo – saúde que cabe no seu bolso

A Filóo – saúde que cabe no seu bolso

Você sabia que 80% das idas ao pronto-socorro poderiam ser resolvidas com duas a três consultas marcadas ao ano? Prevenção é tudo de bom. Ela diminui o risco de complicações de saúde, aumenta a qualidade de vida, promove o bem-estar. E para estimular as pessoas a cuidarem de si, a filóo uniu consultas particulares a preços justos, facilidade de acesso a serviços, central 24h para tirar dúvidas e desconto em exames e medicamentos.

Segundo Claudio Guimarães, Diretor comercial da filóo, o paciente tem duas grandes vantagens ao utilizar o sistema de saúde da filóo: o acesso de maneira rápida e prática a consultas particulares com especialistas e os preços acessíveis. Já para as empresas, a atração e retenção de talentos através de serviços de qualidade com valores que não comprometem o caixa são atrativos.

Benefícios filóo

– Consultas particulares com valores que você pode pagar
– Descontos de até 85% em medicamentos
– Descontos de até 20% em exames e vacinas
– Orientação de saúde, 24h
– Sem limite de uso ou carência

“A verdade é que as empresas gastam fortunas anuais em planos de saúde que são subutilizados. A solução da filóo, por um décimo desses valores, oferece consultas particulares de qualidade, presta um serviço de orientação e prevenção eficaz que reduz muito as chances de internações, dá interessantes descontos em farmácias e, em muitos casos, indica onde obter medicamentos de graça. Que outra empresa de saúde faz isso?”, aponta o consultor empresarial André Ganzelevitch.

Como funciona?

Através do aplicativo da filóo, você escolhe a especialidade, o dia e o horário, a clínica particular mais próxima e seleciona um range de valor para a consulta de acordo com a especialidade selecionada. Seu pedido será encaminhado a médicos qualificados e você será orientado para o atendimento.

Após a consulta, nossas consultoras ajudarão você a relembrar as orientações médicas, esclarecendo dúvidas, e a encontrar descontos de até 85% em mais de três mil farmácias e de até 20% em laboratórios parceiros.

É a parceria perfeita entre o seu interesse em se cuidar e a expertise de quem entende do sistema de saúde. E o melhor: você pode usar o sistema quantas vezes precisar para ter certeza de que sua saúde está em dia.

“Fiquei muito feliz com o atendimento e agilidade da equipe filóo, a rapidez da marcação da consulta e um preço que coube no meu bolso, em uma excelente localização. Além de consultarem os valores mais acessíveis dos exames e medicamentos”, elogia Rafaela Brandão, cliente da filóo.

É muito bom o sentimento de ser cuidado. O protagonismo é seu, o cuidado é nosso. Marque sua consulta preventiva. Se cuidar faz bem.

Siga-nos ou curta este Post
error0