A importância dos músculos

A importância dos músculos

Você lembra que seus músculos existem apenas quando vai à academia ou sofre alguma lesão? Pois deveria prestar mais atenção a esse tecido importantíssimo e zelar por sua saúde.

Temos em média 660 músculos e eles representam de 35% a 50% do nosso peso corporal. Dentre suas funções estão a movimentação corporal (andar, correr, sentar, levantar, respirar), a contração e o relaxamento muscular, o equilíbrio do corpo, a postura, o emagrecimento e a produção de calor.

É tarefa do tecido muscular, também, a regulação do volume dos órgãos: são eles que controlam o fluxo de alimentos através do trato gastrointestinal e de urina da bexiga. Outra funcionalidade? A movimentação de substâncias no corpo como, por exemplo, a executada pelo músculo cardíaco que se contrai e relaxa, bombeando sangue pelos vasos sanguíneos.
Até para a produção de calor corporal eles entram em ação. Sabe quando você está com muito frio e começa a tremer, mesmo sem querer? Essa contração involuntária é uma forma dos músculos esqueléticos ajudarem a manter a nossa temperatura ideal.

Massa magra
A melhor maneira de preservar, ou mesmo aumentar a massa muscular (também conhecida como “massa magra”) é através de uma alimentação balanceada unida à pratica de exercícios físicos. Dentre os benefícios de cuidar bem dos seus músculos estão:

• Ajuda a acelerar o metabolismo;
• Prioriza o uso das gorduras para gerar energia para o corpo;
• Previne doenças, como diabetes, osteoporose, infartos, artrite;
• Libera de endorfinas, deixando você mais bem humorado(a) e com melhor disposição física, além de combater a depressão;
• Melhora da postura corporal.

O ganho de massa magra une vários fatores, incluindo os níveis de hormônios. Em especial, temos a testosterona que, apesar de predominantemente masculina, encontrada nas mulheres em uma proporção menor e sintetizada a partir das gorduras. É estimulada através de treinos pesados, aumentando o GH (o hormônio do crescimento), que regenera e ajuda no crescimento dos músculos.

Considerando que nós perdemos cerca de 5% a 8% de massa magra a partir dos 30 anos, e que, após os 60 anos, essa porcentagem se eleva, é importante realizar a manutenção de massa muscular, tanto por meio de exercícios, quanto por dieta, para que esse processo fique mais lento e favoreça um envelhecimento saudável.

Veja AQUI como se alimentar para cuidar bem da sua massa magra.

Siga-nos ou curta este Post
error0