Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho

Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho

Acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorrem por motivos vários: uso inadequado de equipamentos de proteção, lesões por esforço repetitivo (LER), exposição a substâncias químicas, biológicas e materiais tóxicos, quedas, jornadas exaustivas sem intervalo de descanso ou mesmo falha humana.

De acordo com a Previdência Social, caracteriza-se acidente de trabalho aquele que acontece quando a pessoa está a serviço de uma empresa, gerando lesão corporal ou perturbação funcional, permanente ou temporária, que causa a morte, a perda ou a redução da capacidade para o trabalho. Infelizmente, as estatísticas são tristes.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a cada ano, dois milhões de pessoas morrem no mundo acidentadas em seus ofícios, outras 270 milhões sofrem acidentes não fatais e 160 milhões padecem de doenças ocupacionais. No Brasil, as perdas decorrentes de acidentes e doenças do trabalho são estimadas em 4% do PIB, ou mais de R$ 200 bilhões anuais. Daí a importância do Dia Nacional de Prevenção ao Acidente de Trabalho, a cada 27 de julho.

Acidentes são imprevisíveis. A boa notícia? Podemos diminuir os riscos, inclusive de doenças e lesões, ao manter a saúde em dia e adotar medidas preventivas.

Adote essas práticas:
– Postura corporal – Evite problemas posturais, oculares, dores na coluna e LER. Sua cadeira de trabalho deve ter altura e encosto ajustados a você, com apoio para a região lombar e dorsal, para os braços e de forma que seus pés fiquem firmes no chão. Aproxime-se de sua mesa de trabalho. Seu monitor deve estar distante 60 cm, um pouco abaixo da linha dos olhos. Ajuste o brilho para não forçar a visão. Mantenha os punhos retos e os cotovelos num ângulo de 90º ao usar o teclado e o mouse.

– Faça pausas regulares – Se possível, a cada 90 minutos, pause dez. Levante-se, alongue-se, se trabalhar na frente do computador, desvie o olhar da tela e dê um descanso para os olhos. Muito tempo sentado? Erga-se por volta de 1 minuto a cada 20 minutos. Se, ao contrário, trabalhar em pé, sente-se e descanse a coluna.

– Exercícios de alongamento – Muito tempo na mesma posição ou fazendo movimentos repetitivos pode gerar dores, inflamações, formigamentos, dormência e cansaço nas mãos, dedos, braços, ombros e pescoço. Dedique alguns minutos para se alongar flexionando as pontas dos dedos, girando os punhos, movimentando os ombros pra cima e pra baixo, pra frente e pra trás (em movimentos rotativos). Solte o pescoço, inclinando a cabeça para ambos os lados, pode ajudar com a mão a manter na posição por alguns segundos. Fique em pé e tente tocar o chão com a ponta dos dedos. Mexa-se.

– Sono – Muitos acidentes são causados por descanso insuficiente. Com sono, nossos reflexos ficam comprometidos, o corpo não responde aos comandos da mente. O sono prejudica a memória, enfraquece a imunidade, altera o metabolismo, interfere na produção de insulina, desregula a pressão arterial, diminui o desempenho físico e a atenção, entre outros. Por isso a importância de dormir bem.

Se sua escala é diurna, procure manter uma rotina regrada com horários para dormir e acordar. Tome sol diariamente, ele sincroniza naturalmente o relógio biológico. Evite: exercícios físicos à noite, e outros estimulantes para o cérebro como cafeína e ficar no celular ou assistindo a TV antes de dormir. Sua mente deve se preparar para descansar, crie um ambiente tranquilo e acolhedor. Faça um relaxamento antes de dormir, medite, escute uma música calma.

Escala noturna: se você trabalha à noite, estabeleça um horário do dia para dormir (e para se alimentar), mesmo se estiver de folga. Escureça o máximo possível o ambiente, que deve ser silencioso e arejado. Evite estimulantes (café, chá preto, refrigerantes, cigarro) perto de encerrar o expediente, próximo ao horário de descanso. Praticar exercícios é fundamental.

Através do aplicativo da filóo você pode agendar consultas preventivas para estar com a saúde sempre em dia. Não conte com a sorte, conte com a filóo.

Siga-nos ou curta este Post
error0
Farmácia Popular e Dose Certa: medicamentos acessíveis

Farmácia Popular e Dose Certa: medicamentos acessíveis

Criado em 2004, o Programa Farmácia Popular do Brasil é uma alternativa de acesso à população a medicamentos considerados essenciais. Em todo Brasil, 31 mil farmácias e drogarias credenciadas pelo Governo Federal (procure o banner oficial “Aqui tem Farmácia Popular” na frente do estabelecimento) distribuem gratuitamente remédios para hipertensão, diabetes e asma. E, com até 90% de desconto, para controle do colesterol, rinite, Parkinson, osteoporose, glaucoma, assim como anticoncepcionais e fraldas geriátricas.

Veja onde encontrar uma Farmácia Popular perto de você

Um direito de todos

Para participar do programa, compareça a uma Farmácia Popular munido de documento com foto que contenha o número do CPF e a receita médica dentro do prazo de validade (365 dias para anticoncepcionais e 180 dias para os demais medicamentos e fraldas geriátricas). As receitas médicas devem conter:

• O carimbo e assinatura do médico;
• O endereço do estabelecimento de saúde;
• A data da prescrição;
• O nome e o endereço do paciente;

Como funciona

No balcão, o atendente irá verificar seus dados e os da receita médica (uma cópia dela será tirada e ficará no estabelecimento). Através do sistema de vendas, validará a entrega do medicamento ou da fralda geriátrica. Serão emitidos o Cupom Fiscal e o Cupom Vinculado, que deverá ser obrigatoriamente assinado, juntamente com o preenchimento do seu endereço (confira bem os dados antes de assinar, pois o Cupom Vinculado será seu controle para adquirir novos medicamentos no futuro). Serão emitidas duas vias, uma para você, outra para a farmácia.

Aquisição da fralda geriátrica

• Você deverá ter a partir de 60 anos ou ser pessoa com deficiência;
• Além do documento de identificação oficial, você deve apresentar a prescrição, laudo ou atestado médico que indique a necessidade do uso de fralda contendo a Classificação Internacional de Doenças (CID);
• Se o usuário não puder comparecer, o representante legal pode.

Você consegue retirar o(s) medicamento(s) com a mesma receita pelo período indicado abaixo:
• Hipertensão – 30 dias
• Diabetes – 30 dias
• Dislipidemia (colesterol) – 30 dias
• Asma – 30 dias
• Rinite – 30 dias
• Parkinson – 30 dias
• Osteoporose – 30 dias
• Glaucoma – 25 dias
• Anticoncepcionais:
• Etinilestradiol – 25 dias
• Etinilestradiol (0,03mg; levonorgestrel 0,15mg, embalagem múltipla) – 80 dias
• Noretisterona (0,35mg) – 30 dias
• Fraldas geriátricas: 40 unidades a cada 10 dias.

Saiba quais medicamentos estão disponíveis

Saiba quais fraldas estão disponíveis

Dose Certa

Uma versão estadual é o Dose Certa, Programa de Assistência Farmacêutica do Governo do Estado de São Paulo que visa facilitar o acesso a medicamentos da Atenção Básica à Saúde. Como no Farmácia Popular, é necessário apresentar receita médica com a posologia, assinatura e carimbo médico. Dependendo da medicação, a validade é de 30 dias ou até 180 dias a partir da data da emissão.

Saiba quais são os medicamentos e onde estão disponíveis, clicando aqui

Atenção: Use medicação somente com orientação médica. Através do nosso aplicativo filóo você pode solicitar sua consulta preventiva com valor acessível e realizar seus exames periódicos com desconto, sem se privar das vantagens, qualidade e conforto do atendimento particular. As consultoras de saúde filóos estão disponíveis para esclarecer suas dúvidas e orientar o melhor caminho para cuidar da sua saúde, respeitando suas possibilidades, disponibilidade e preferências.

Siga-nos ou curta este Post
error0