Diferença entre: Promoção e prevenção de saúde

Diferença entre: Promoção e prevenção de saúde

Você já deve ter ouvido a frase “é melhor prevenir do que remediar”. Ou seja, para evitar que algo ou alguma doença pegue você “desprevenido”, há uma preparação prévia, uma antecipação do problema e, em vez de esperar ele ocorrer, você age minimizando o risco. Isso é prevenção da saúde.

Por exemplo: se a previsão do tempo é que vai esfriar, você leva um casaco para não ficar resfriado. Se há um surto de sarampo, vai até o posto e toma a vacina. E assim por diante: consulta seu médico regularmente, faz check-up anuais, mede a pressão com frequência, entre outros exames de acompanhamento. Você é o protagonista no cuidado com a sua saúde.

Prevenir é:
– Manter o calendário de vacinação em dia
– Optar por uma alimentação saudável
– Não fumar
– Fazer exercícios regularmente
– Praticar sexo seguro, com uso de preservativo
– Seguir as recomendações de saúde e orientações médicas de sua confiança

Promoção de saúde é mais amplo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), refere-se a medidas e cuidados que não têm como foco uma determinada doença ou desordem, é um processo social e político com ações direcionadas a mudanças e melhorias nas condições sociais, ambientais e econômicas para minimizar o impacto na saúde individual e pública. Isto permite aumentar a saúde e o bem-estar geral.

São cinco os campos de ação que a promoção da saúde contempla: implementação de políticas públicas saudáveis, criação de ambientes saudáveis, capacitação da comunidade, desenvolvimento de habilidades individuais e coletivas e reorientação de serviços de saúde.

Promover é:
– Impulsionar, fomentar, gerar
– Estratégia global para alimentação saudável e atividade física
– Programas de controle e tratamento do tabagismo e consumo de álcool
– Promoção da saúde do homem, da mulher e do idoso
– Campanhas de aleitamento materno
– Atenção à saúde mental

A principal diferença entre prevenção e promoção se refere ao conceito de saúde, na prevenção a saúde é vista como ausência de doenças e na promoção, como um modelo participativo multidimensional de saúde.

Através do aplicativo da filóo, você pode agendar a sua consulta preventiva e fazer a sua parte para estar com a saúde sempre em dia. Conheça a filóo. Tenha acesso à consultas e exames que cabem no seu bolso. Confira AQUI

Siga-nos ou curta este Post
error0
Meditação para dormir melhor

Meditação para dormir melhor

Tem dificuldades para dormir e já tentou de tudo, sem resultados? Queremos fazer um convite, que tal experimentar, ao longo de 21 dias, fazer uma meditação antes de dormir?

Para ajudar na missão, Marina Neumann, especialista em mindfulness pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp) e Chief Mindfulness Officer do Instituto Latino Americano de Mindfulness e Bem Estar, desenvolveu para a filóo uma meditação guiada que trabalha a respiração e o escaneamento corporal, relaxando corpo e mente, proporcionando um sono de qualidade. Os benefícios são sentidos com a regularidade.

Sugerimos que você leia o texto a seguir em voz alta, pausadamente, e grave no celular. Se preferir, coloque também uma música suave, instrumental, ao fundo. Boa prática!

Meditação para uma boa noite de sono
Deite-se e encontre uma posição confortável, ajustando seu corpo como necessário para que possa adormecer. Talvez você apenas relaxe, sem pegar no sono, você estará mais descansado e renovado depois. Esta prática de escaneamento corporal vai te ajudar a relaxar e dormir.

INSPIRE profundamente e EXPIRE lentamente. Inspirando… e expirando lentamente…

Faça algumas respirações lentas e calmas. Sinta como sua respiração pode relaxar você. Não há nada que você precise fazer agora, além de respirar conscientemente, calmamente. Apenas se permita ir relaxando. Sinta-se ficando sonolento… cada vez mais lento, ficando mais sonolento.

Continue assim para ir relaxando o corpo, apreciando o relaxamento. Na próxima expiração veja se pode expirar ainda mais devagar. Inspirando profundamente e agora expirando devagar, bem lentamente, prolongando esta expiração, relaxando. Quando terminar de expirar, inspire naturalmente e expire devagar novamente.

Apenas continue respirando agora, deixando cada respiração acontecer naturalmente, sem esforço, em um ritmo que seja confortável para você. Sinta sua respiração ficando calma, lenta, fácil. Continue com o escaneamento do corpo, apreciando o relaxamento.

ESCANEIE SEU CORPO, começando no topo de sua cabeça e descendo. Leve sua atenção para sua cabeça. Observando, percebendo as sensações presentes. Movendo sua atenção para os olhos, nariz, queixo, até os ombros. Percebendo cada área, observando como o seu corpo se sente.

Continue percorrendo cada área, movendo lentamente a sua atenção pelo seu corpo. Como sua parte superior do corpo se sente? Note se há áreas tensão e permitindo que o corpo solte as tensões desnecessárias.

Aproximando-se do centro do seu corpo até o estômago. Como esta parte do seu corpo está se sentindo? Continue observando seu estado físico. Continue a escanear seu corpo, movendo o foco de sua atenção para baixo.

Chegando aos quadris, continue observando e movendo sua atenção para baixo. Como esta parte do seu corpo se sente? Observe qualquer tensão, não há a necessidade de mudar nada, permitindo que qualquer sensação presente simplesmente seja como é.

Chegando até seus joelhos, como é que esta área se sente? Continue descendo a sua atenção até os pés. Reserve um momento para percorrer todo o seu corpo novamente, percebendo como o seu corpo se sente como um todo. Onde está seu corpo mais tenso?

Foque intencionalmente nesta área de tensão e imagine que os músculos aqui estão soltando a tensão, tornando-se soltos, tornando-se relaxados, deixando a tensão passar.

Liberando a tensão pouco a pouco até que esta área relaxe. Sinta a tensão se abrandar, sinta os músculos à medida que eles se soltam, alongam, aquecendo e relaxando, como se estivessem derretendo neste estado de relaxamento.

Observe onde seu corpo está mais relaxado. Como se sente o relaxamento? Imagine este relaxamento é quente e vai se movendo, crescendo, se espalhando para as outras áreas do seu corpo. Sinta seu corpo se tornando mais relaxado à medida que a área de relaxamento cresce.

Continue com a prática, aproveitando este escaneamento corporal relaxante.

(Pausa)

Permita que seu corpo RELAXE. Sinta seus ombros relaxando, os músculos se soltando. Suas pernas estão quietas e estão começando a ficar pesadas. Seus pés estão quentes, sinta o calor se espalhando enquanto suas pernas se tornam mais aquecidas também.

Seus braços estão ficando mais pesados. Sinta-se afundando na cama. Afundando mais profundamente, mais profundo, todo o seu corpo está se sentindo muito pesado.

Sinta o calor em suas mãos, ficando mais e mais quentes, espalhando-se pelos seus braços. Suas mãos e braços estão muito pesados.

Pisque seus olhos algumas vezes, se você quiser. Note que suas pálpebras estão ficando pesadas. Elas vão ficando cada vez mais pesadas, e é tão bom fechar os olhos, descansar os olhos. Observe uma sensação de frescor em sua testa. Calma, fresca e relaxada. Suave, livre de tensão.

Imagine que a tensão no seu corpo está fluindo através de seus dedos e dos dedos dos pés. Saindo de você… a cada respiração você pode sentir a tensão saindo pelos seus dedos das mãos e dos pés. Sinta a tensão deixando seu corpo, indo embora.

Continue com o este relaxamento do corpo para o sono, apreciando o relaxamento.

(Pausa)

Vamos pensar em FICAR À DERIVA agora por um momento, apenas relaxando. Não precisa se concentrar, ou pensar, apenas à deriva, enquanto a tensão continua a sair e seu corpo relaxar.

Imagine que seu corpo seja feito de caramelo, chocolate ou algum outro sólido que possa ser derretido. Agora mesmo, seu corpo é ainda é como um pedaço sólido e duro de caramelo.

Imagine uma sensação de calor, começando em suas mãos e pés, que começa a suavizar o caramelo do qual seu corpo é feito. Logo suas mãos e pés ficam macios e mais líquidos. O calor se espalha por todo o corpo, pelas mãos, pelos braços. Sinta seus braços derretendo, suavizando. É uma sensação agradável, tão relaxante.

Sinta o calor enquanto ele subindo dos seus pés, subindo pelas suas pernas. Observe suas pernas se suavizando, pois elas estão derretendo para um estado completamente relaxado.

Sinta o núcleo do seu corpo enquanto o calor sai dos seus braços e pernas derrete seu estômago. Sinta seu núcleo relaxando, derretendo. Imagine que todo o seu corpo é muito macio, como o caramelo que derreteu fica macio e elástico.
Simplesmente descanse, apreciando este relaxamento. Flutuando, relaxando. Está tudo bem em só relaxar agora, apenas permita que o sono vá chegando.

Deixando sua mente adormecer, voltando para o sono. É tão bom se render ao peso do sono. Sinta seu corpo é como uma pena agora, flutuando gentilmente em direção a este estado de sono tranquilo e pacífico. Sinta o seu corpo flutuando de um lado para o outro, cada vez mais para baixo, flutuando pelo ar. Logo descansará neste lugar tranquilo. Suavemente descansando, afundando, um lugar tranquilo e agradável. Tão sonolento… descendo… descendo.

Afundando no sono, tão profundamente adormecido e pesado… Agradável, calmo, sonhando… Descansando nesta superfície macia, afundando suavemente em conforto e sono. Não há mais palavras que você precisa se concentrar. Aproveite o relaxamento agora e permita-se mergulhar em um sono profundo e agradável. (Fim)

Manter hábitos e uma rotina saudáveis é o caminho para uma vida com mais qualidade. Na filóo, você pode agendar sua consulta preventiva sempre que precisar, através do aplicativo. É simples, rápido e o melhor: o valor cabe no seu bolso.

Conheça a filóo. Tenha acesso à consultas e exames que cabem no seu bolso. Confira AQUI

Siga-nos ou curta este Post
error0
Quando longevidade é sinônimo de qualidade de vida

Quando longevidade é sinônimo de qualidade de vida

Se você deseja uma vida longa, comece hoje (neste minuto) a ajustar sua rotina. Cada dia conta. Inicie eliminando o hábito de fumar e beber álcool. Depois, ajuste a alimentação, inclua exercícios físicos diários. E até uma agenda social familiar e que contemple encontrar-se com seus bons amigos.

Entenda o que cada uma dessas sugestões faz pelo seu futuro. E, claro, por você. Veja 6 hábitos que impactam na sua longevidade:

1. Não fume
Um estudo publicado no New England Journal of Medicine, em 2013, mostrou que fumar pode diminuir a expectativa de vida em até dez anos. E quanto mais jovem se larga o vício, mais anos se adiciona à vida, pois fica-se menos suscetível a complicações cardíacas, derrame e pressão alta, múltiplas formas de câncer, incluindo de bexiga, de pulmão, de rim e de garganta.

Na pesquisa, quem parou de fumar entre 25 e 34 anos (em média aos 29 anos) demonstrou curvas de sobrevida semelhantes às de não fumantes. Quando comparados aos que não largaram o vício, ganharam por volta de dez anos de vida. Já aqueles que pararam entre 45 e 54 anos, tiveram um ganho médio de seis anos de vida e, entre 55 e 64 anos, uma sobrevida de quatro anos. E mais: parar de fumar antes dos 40 anos reduz o risco de morrer por qualquer causa, em cerca de 90%.

2. Evite bebidas alcoólicas
Beber cinco taças de 175ml de vinho ou canecos de cerveja por semana (o equivalente a 100g) aumenta o risco de morte prematura. Um estudo publicado pelo jornal científico The Lancet, analisou 599.912 bebedores em 19 países, nenhum dos quais tinha um histórico de doença cardiovascular. Descobriu um aumento em todas as causas de morte quando mais de 100g de álcool foram consumidos semanalmente.

Pela análise, uma pessoa de 40 anos que bebe entre 200g e 350g de álcool por semana (de 10 a 18 copos de vinho ou cervejas) tem uma expectativa de vida mais baixa, em torno de um a dois anos. Consumir mais bebida alcoólica está associado a acidentes vasculares cerebrais, insuficiência cardíaca e risco fatal de aneurismas.

3. Consuma mais vegetais
As pessoas que vivem em “Zonas Azuis ” (locais onde há uma forte relação entre a longevidade e a baixa incidência de doenças crônicas) obtêm pelo menos 80% de sua dieta baseadas em vegetais, como frutas, verduras, nozes, sementes, cereais integrais e feijões. Este tipo de dieta é naturalmente baixo em colesterol e fornece uma dose saudável de fibras, antioxidantes e outros nutrientes que mantêm o sistema imunológico funcionando e o corpo saudável.

Muitos estudos associam uma dieta rica em vegetais a um menor risco de morte prematura, bem como uma redução do risco de câncer, síndrome metabólica, doenças cardíacas, depressão e deterioração do cérebro. Estes efeitos são atribuídos aos nutrientes e antioxidantes dos alimentos vegetais, que incluem polifenóis, carotenóides, ácido fólico e vitamina C.


4. Mexa-se

Exercícios físicos ajudam a combater os fatores de risco para problemas de saúde, como doenças cardiovasculares, e aumentam o humor. Um estudo de 2017, feito com mais de 130.000 pessoas publicado no Lancet identificou que praticar 30 minutos de atividade física por dia ou 150 minutos semanais, reduz o risco de morte em 28%. E isso vale, inclusive, para caminhadas leves e jardinagem. Ou seja, você não precisa treinar pesado numa academia. Apenas mexa-se!

5. Mantenha laços de afeto com a família, amigos e comunidade
Permanecer ativo socialmente melhora sua longevidade, de acordo com um estudo de 2017, do Journal of American Geriatrics Society. Pesquisadores observaram quantas vezes as pessoas com idades entre 70 e 90 deixaram suas casas e quanto tempo eles viveram: aqueles que saíam diariamente viviam mais do que os reclusos. Sair da casa regularmente pode proporcionar aos idosos mais oportunidades de se engajar em atividades sociais, culturais e físicas, o que, por sua vez, aumenta sua saúde e longevidade.

Em outro estudo, desta vez uma parceria entre a Universidade da Califórnia em San Diego e a Universidade de Yale, com colaboração do Facebook, descobriu-se que mesmo relacionamentos online se correlacionam com uma vida mais longa, desde que o uso da plataforma de redes sociais seja para acompanhar as relações da vida real. A felicidade em nossos relacionamentos têm uma influência poderosa em nossa saúde.

6. Visite um médico regularmente
Seja proativo em manter sua saúde. Consultar profissionais de saúde para avaliações de rotina, vacinas e tratamento de condições crônicas ajudam a detectar problemas precocemente. E mais: a frequência de consulta cria um vínculo positivo com o seu médico, possibilitando um cuidado individualizado que atende aos objetivos do paciente, mantendo uma melhor qualidade de vida.

Já agendou sua consulta preventiva pelo aplicativo da filóo? Não perca tempo, é simples, é rápido, é você se cuidando para viver mais e melhor. Conheça a filóo. Tenha acesso à consultas e exames que cabem no seu bolso. Confira AQUI 

Siga-nos ou curta este Post
error0
Seu tempo vale saúde

Seu tempo vale saúde

Você já parou para pensar que a forma como você gerencia o seu tempo impacta na sua saúde? Isso mesmo! Quando você tem uma rotina desorganizada, parece que está sempre correndo atrás dos minutos e eles nunca são suficientes para zerar sua agenda. Se mal consegue dar conta das obrigações, como arranjar um momento pra fazer exercícios, comer com calma, ler um livro, relaxar? As horas lhe atropelam, à noite você é pura exaustão. E no dia seguinte, para o seu desespero, tem mais.

Estresse, irritação, distúrbios do sono, desequilíbrio imunológico são apenas algumas reações do seu corpo implorando por mais cuidado e atenção. Além disso, inúmeras são as doenças que podem derivar de uma rotina desregrada e estafante. Quando a sua vida parece uma esteira onde você corre, corre e não sai do lugar, é preciso puxar o freio de mão e repensar. Olhar para si, para o seu modo de fazer as coisas. O que poderia ser diferente?

Nem sempre excesso de trabalho é sinônimo de produtividade. Aliás, é bem provável que seja fruto da falta de foco. Por isso, aumentando sua concentração, a sua produtividade cresce e você consegue render mais. A mesma tarefa que levaria uma hora inteira, leva a metade do tempo. O que você faz com a outra metade? O que quiser!

Gerencie seu tempo
Em 1992, Francesco Cirillo, hoje proprietário de uma consultoria de Produtividade em Berlin, divulgou o método Pomodoro de gerenciamento de tempo. O nome peculiar se deve ao apetrecho escolhido por Cirillo para cronometrar os intervalos: um alarme gastronômico em forma de tomate.

De lá pra cá, o método já foi usado por mais de dois milhões de pessoas, e consiste em fragmentar o tempo de forma que você trabalhe 25 minutos com concentração total e folgue 5 minutos (quando poderá responder e-mails, checar suas mensagens, fazer ligações, tomar água, se alongar, etc). A cada duas horas, você pausa 15 minutos para oxigenar o cérebro.

Os períodos de 25 minutos foram apelidados “pomodoros”. Se você estuda para concurso, por exemplo, e precisa ler um longo capítulo de uma apostila, pode usar 2 ou 3 “pomodoros” para cumprir sua missão. Assim consegue perceber quanto tempo vai levar para terminar todo conteúdo. E se programar melhor.

A técnica, que pode ser aplicada para estudo, trabalho ou mesmo para tarefas domésticas, diminui a ansiedade, aumenta a concentração, evita interrupções, organiza as ideias, estabelece metas, ajuda a visualizar seus avanços e, de quebra, descobre seus pontos fracos no quesito distração. Bacana, não? Faça a sua lista de tarefas do dia e mãos à obra!

Confira outras dicas da filóo para aumentar o foco e otimizar seu tempo:
– Desative as notificações (de mensagens e de redes sociais) do seu celular, talvez você não perceba, mas elas desviam seu foco e fazem você perder, no somatório geral dos minutos de distrações, muito tempo para voltar a se concentrar.

– Fragmente seus estudos, metas ou tarefas em pedaços menores, assim você consegue cumpri-los e, pouco a pouco, com constância, completa seus objetivos.

– Se tudo é prioridade, nada é prioridade. Pense nisso. E leia a dica a seguir.

– Já ouviu falar da Matriz de Eisenhower? Divida uma folha de papel em quatro partes iguais, e em cada quadrante distribua as tarefas do dia entre o que é importante (gera resultados) e urgente (prazo curto). Ela ajuda a ter clareza das suas prioridades e não perder tempo com o que atrapalha você de alcançar seus objetivos:

QUADRANTE 1: Importante e urgente – FAÇA AGORA
QUADRANTE 2: Importante, mas não urgente – AGENDE
QUADRANTE 3: Não importante, mas urgente – DELEGUE
QUADRANTE 4: Não importante e não urgente – ELIMINE

– Faça primeiro o mais difícil. A gente sabe, a tendência é deixar por último o que dá mais trabalho e não é agradável. No entanto, o risco é ficar procrastinando infinitamente a tarefa até o prazo estourar, o que consome muita energia mental e emocional. E faz você perder tempo pensando em como deve, mas não está com vontade de resolver. Economize-se.

O tempo é a única coisa que você não pode economizar para usar depois. Porque ele passa. Mas, sim, é possível adiantar e otimizar tarefas de forma que sobre um espaço no seu dia para você se cuidar. Dá até para marcar aquele check-up médico que você vem adiando. Experimente. Gerencie melhor seu tempo, mantenha o aplicativo da filóo por perto e seja bem-vindo a um novo ciclo de saúde e prosperidade. (mais…)

Siga-nos ou curta este Post
error0
Alimentação para ajudar o intestino funcionar

Alimentação para ajudar o intestino funcionar

Você já leu nosso artigo “Conheça seu intestino”? CLIQUE AQUI Lá você fica sabendo que caminho os alimentos percorrem dentro do seu organismo ao longo das etapas da digestão, como funciona e para que serve esse órgão tão importante do corpo humano. Agora, entenda o que você deve fazer para que seu intestino trabalhe com excelência e você tenha uma melhor saúde digestiva e maior qualidade de vida.

Veja no que investir e o que evitar:

Líquidos
O seu intestino ama líquidos, especialmente água: é algo imprescindível para seu bom funcionamento, para hidratar, ajudar na formação das fezes e eliminação de toxinas.

Invista: Beba no mínimo 2 litros de água por dia. Sucos naturais, de preferência com o sumo da fruta e não adoçados artificialmente. Boas opções são frutas com bastante água em sua consistência como melão, melancia, laranja e mamão.
Evite: Risque da sua dieta refrigerantes e sucos de caixinha ricos em açúcar, conservantes e substâncias químicas que detonam as bactérias do bem, que habitam sua macrobiota (flora intestinal), abrindo espaço para que as bactérias perigosas se multipliquem.

Frutas
Frutas são muito bem-vindas à alimentação, contudo algumas “soltam” e outras “prendem” o intestino em função das suas fibras. As fibras insolúveis em água ajudam a aumentar o bolo fecal e aceleram o intestino (soltam). Já as solúveis reduzem a absorção de gordura (prendem).

Para “soltar”, invista em: banana d’água, banana nanica, mamão, manga, acerola, abacaxi, damasco, kiwi, jaca, abacate, figo, laranja e mexerica (coma com bagaço), uva passa e ameixa seca, também conhecida como laxante natural.
Para “prender”, invista em: banana-da-terra, banana-maçã, banana-prata, maçã e pera (sem cascas), caju, limão e goiaba.

Invista em Hortaliças & Cia
Hortaliças e legumes: (de preferência com a casca): alho, cebola, beterraba, batata doce, pepino, berinjela, brócolis, aspargos, alcachofra.

Verduras: preferencialmente cruas como alface, agrião, rúcula, chicória, espinafre, repolho, acelga, almeirão, escarola.
Leguminosas: feijão, lentilha, grão de bico, soja, vagem, ervilha.

Farinhas e cereais
Invista: farelo de aveia, farelo de trigo, gérmen de trigo, linhaça, chia, pão integral, arroz integral.
Evite: Cereais refinados, arroz branco, amido de milho, polvilho, biscoitos (inclusive a bolacha “água e sal”), pães brancos, farinha de mandioca.

Chocolate
Invista: Chocolates com 70% de cacau.
Evite: Chocolates ao leite e versões ricas em açúcar podem causar gases (doces em geral podem prejudicar o bom funcionamento do seu intestino).

Leites e derivados
Invista: Iogurtes e leites fermentados com adição de lactobacillus e bifidubactérias, que são os chamados alimentos probióticos com micro-organismos vivos que beneficiam a flora intestinal.
Evite: Leite integral, queijos gordos como parmesão, provolone, gorgonzola, roquefort.

É bom ressaltar que cada organismo tem respostas e necessidades diferentes quanto à alimentação. Para montar uma dieta adequada ao seu tipo físico e estilo de vida, marque uma consulta com um nutricionista através do aplicativo da filóo. É prático, rápido e cabe no seu bolso. Invista na sua saúde!

Siga-nos ou curta este Post
error0